Ideias de Luxo

Como montar um estúdio de fotografia em casa

Com certeza um dos desejos de todo fotógrafo é montar seu próprio estúdio de fotografia. Se for em casa então, melhor ainda! Dá para fazer um home office e juntar o útil ao agradável. O que muito não sabem é que ter um estúdio de fotografia caseiro pode ser mais simples do que parece.

Tudo irá depender do estilo fotográfico que você trabalha, para investir nos equipamentos certos e montar seu espaço. Fotografar retratos é diferente de fotografias publicitárias, gastronômicas, de moda ou outro nicho específico, e para cada um desses nichos, são usados equipamentos e técnicas diferentes.

Para te dar um empurrão e ajudar a tirar as ideias do papel e montar de vez um estúdio de fotografia em casa, confira essas dicas que guardamos para você.

Câmera profissional

Se você já trabalha como fotógrafo e chegou no momento de querer montar seu estúdio, sabe como é importante ter uma câmera fotográfica de qualidade, que te dê suporte para outros recursos.

As câmeras DSLR, além de possuírem alta resolução, elas têm a vantagem de poder trocar as lentes e conectar outros equipamentos que sincronizam com o flash.

Equipamentos

Alguns equipamentos são necessários para que a sua foto mantenha o nível profissional, garantindo estabilidade e iluminação para que se tenha perfeição em cada registro.

Para que o fotógrafo tenha controle da iluminação dentro de seu estúdio, é imprescindível que tenha um gerador de potência e pelo menos duas fontes de luz, sendo uma principal e a outra como luz de preenchimento.

Alguns acessórios que ajudam a manejar a luz também é bom colocar em sua lista, como tripés, para dar mais estabilidade e evitar trepidações em suas fotos, e assessórios de iluminação, como refletor, softbox e rebatedor, que auxiliam  a ajustar a iluminação para que fique ideal para sua fotos.

Fundo infinito

Criar um fundo para o seu cenário é fundamental para suas fotos. Geralmente eles são brancos ou pretos, mas tudo depende do seu propósito, podendo fazê-lo de outras cores ou com desenhos e paisagens.

Você pode fazer seu fundo infinito sem gastar muito. Pesquisando na internet você encontra diversos tutoriais de como fazer, alguns dos materiais mais usados são papel tipo cartolina, tecido – já vi até de TNT-, laminas de madeira, EVA, entre outros.

Edição

Esse é outro trabalho que pode demandar mais tempo do que registrar as fotos, e que precisa de um bom investimento. Todo fotógrafo precisa de computadores bons para rodar os programas de edição de imagem, como Photoshop e Ilustrator.

A dica aqui é optar por um desktop ao invés de um all in one ou notebook. Computadores em desktop permitem que você monte sua máquina com a configuração e preferir, e que faça upgrades quando julgar necessário.

Estúdio de revelação

Agora, se o estúdio que você deseja montar é de revelação de fotografia analógica, mantendo a forma tradicional de revelar fotos, você terá um pouco mais de trabalho, pois precisará de certos cuidados e alguns produtos químicos.

Na época em que a fotografia analógica estava em alta, várias pessoas improvisavam seus laboratórios no banheiro dos fundos de suas casas. Esses estúdios precisam ser em quartos totalmente escuros ou com baixa luminosidade vermelha, para a luz não atrapalhar o momento da revelação, quando as películas fotográficas, feitas de acetato, entrarem em contato com os produtos químicos nos tanques de revelação.

Seu estúdio de revelação precisará de três tanques, cada um com um produto químico, sendo um de revelação, um de fixação e outro de lavagem. Você também precisará de um copo medidor para cada tanque, para você fazer as misturar e diluir os produtos da forma certa. Outra ferramenta indispensável é a pinça, para que você tirar as fotos da água e pôr para secar em um varal.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *